2009 - 2012
Desenvolvimento da Cultura do Tungue na região de clima temperado
Descrição: Desenvolver tecnologias para o cultivo de tungue na região de clima temperado. Investigar diferentes métodos de extração do óleo, determinar rendimento e a qualidade do óleo obtido para cada método, determinar o perfil graxo do óleo de tungue, avaliar a qualidade do biodiesel de tungue..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Ednei Gilberto Primel / MÁRCIA H S KURZ - Integrante / Eder João Lenardão - Integrante / Marcelo Gonçalves Montes D'Oca - Integrante / Rosilene M Clementin - Integrante / Gelson Perin - Integrante / Sergio Delmar dos A e Silva - Coordenador / Joaquin Ariel Morón Víllarreyes - Integrante / Sergiane Souza Caldas - Integrante / Adriana Neves Dias - Integrante / Viviane de Lemos Pardo - Integrante.
Financiador(es): Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Auxílio financeiro.
 
 
 
2009 - 2010
Qualidade da água que abastece os municípios de Rio Grande e Morro Redondo: Um estudo de desenvolvimento de métodos empregando SPE, DLLME, HPLC-DAD e LC-MS/MS para determinação de Produtos Farmacêuticos, Cosméticos e de Higiene Pessoal (PPCPs) e Pesticidas
Descrição: O monitoramento de resíduos de pesticidas e fármacos no meio ambiente vem ganhando cada vez mais interesse devido ao fato de muitas dessas substâncias serem freqüentemente encontradas em efluentes de Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) e águas naturais, em concentrações na faixa de μg L-1 e ng L-1. O uso indiscriminado dos produtos farmacêuticos e de higiene pessoal (PPCPs) e pesticidas, aliado ao fato de serem considerados contaminantes ambientais com risco potencial à saúde pública devido às moléculas serem biologicamente ativas, aumentou de forma expressiva desde os anos 90, quando ampliaram-se os estudos de riscos ambientais. Além disso, a grande maioria dos fármacos possui características lipofílicas e freqüentemente apresentam baixa biodegrabilidade no ambiente e estas propriedades intrínsecas apresentam um grande potencial para bioacumulação e persistência no ambiente. Vários autores relataram que as principais vias de exposição dos PPCPs e Pesticidas no ambiente provem de esgotos hospitalares, produção industrial, efluente doméstico, atividades agricolas e também na disposição em aterros e excreções animais, como por exemplo, os promotores de crescimento utilizados em aqüicultura de peixe ou na aplicação no campo de excremento de animais tratados com drogas, todas essas rotas de possível contaminação e atividades são uma realidade no extremo Sul do estado do RS. No mundo todo tem sido relatada a ocorrência de fármacos como antibióticos, hormônios, anestésicos, antilipêmicos, antidepressivos e antiinflamatórios, dentre outros, e pesticidas em esgotos domésticos, em águas e sedimentos. Em função do crescimento da preocupação mundial com este tipo de contaminantes, exite uma necessidade emergente de desenvolvimento de métodos multi-resíduos rápidos e sensíveis para a determinação de níveis baixos dos PPCPs e pesticidas no ambiente. A utilização da extração em fase sólida (SPE) e mais recentemente a microextração liquido-liquido dispersiva (DLLME) te.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ednei Gilberto Primel / MÁRCIA H S KURZ - Integrante / FÁBIO FERREIRA GONÇALVES - Integrante / Luis Alberto Echenique Dominguez - Integrante / Ana Laura Venquiaruti Escarrone - Integrante / Sergiane Souza Caldas - Integrante / Liziara C. Cabrera - Integrante / Fabiane Pinho Costa - Integrante / Maristela Barnes Cerqueira - Integrante / Catia Marian Bolzan - Integrante / Liziane Vaz Cardoso - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.

 

Otimização e Validação de metodologia analítica empregando SPE, HPLC-DAD e LC-MS/MS para investigar a ocorrência de agrotóxicos em águas de abastecimento público, de superfície e de poços artesianos

Descrição: Neste trabalho pretende-se desenvolver e validar procedimentos analíticos empregando SPE, HPLC-DAD e LC-MS/MS, para a quantificação de agrotóxicos em águas no município de Rio Grande-RS. As análises permitirão avaliar a ocorrência dos agrotóxicos, bem como dos metabólitos, gerando dados que permitirão realizar um diagnóstico da situação atual servindo como forma de proteção à saúde da população usuária e ao meio ambiente..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ednei Gilberto Primel / Marcelo Gonçalves Montes D'Oca - Integrante / Marcio Raimundo Milani - Integrante / Eliana B Furlong - Integrante / Rosilene M Clementin - Integrante / Gilberto Fillmann - Integrante / Adriana Demoliner - Integrante / Sergiane Souza Caldas - Integrante / Liziara C. Cabrera - Integrante.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2

 

Investigação da ocorrência de Agrotóxicos e de Metais em águas de superfície e abastecimento público conforme Portaria nº518 do Ministério da Saúde

Descrição: Investigar a ocorrência de Agrotóxicos e de Metais em água de abastecimento público na Estação de tratamento da CORSAN e no canal de coleta do São Gonçalo, contemplando parâmetros da Portaria nº 518 do MS

Situação: Concluído

Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Especialização ( 0) / Mestrado acadêmico ( 0) / Mestrado profissionalizante ( 0) / Doutorado ( 0)

Equipe: Débora Craveiro Vieira - Integrante / Jeferson da Silva Medeiros - Integrante / Marcio Raimundo Milani - Integrante / Luis Felipe H Niencheski - Integrante / Mônica Wallner - Integrante / Eliana B Furlong - Integrante / Rosilene M Clementin - Integrante / Ednei Gilberto Primel - Coordenador.

Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul – FAPERGS